Infarmed aprova primeiro tratamento para combater as disfunções da marcha em doentes com EM

O Infarmed aprovou a utilização de FAMPYRA (comprimidos de libertação prolongada), o primeiro tratamento para combater as disfunções da marcha em doentes com Esclerose Múltipla (EM). Este tratamento revelou ser eficaz em pessoas com todos os tipos de EM, na forma surto-remissão, nas formas secundária progressiva, primária progressiva e progressiva Recidivante.

O estudo realizado demonstrou que, cerca de 93% dos doentes com EM reportaram problemas de mobilidade nos primeiros 10 anos do diagnóstico, verificando-se um crescente aumento do absentismo laboral, e consequentemente diminuição dos rendimentos, em doentes com problemas da marcha, sendo estes problemas responsáveis pela diminuição da qualidade de vida dos doentes e cuidadores.

FAMPYRA aumenta a função neurológica através da melhoria da condução dos impulsos nervosos através dos neurónios desmielinizados. No estudo clínico, os doentes que responderam a FAMPYRA apresentaram melhorias significativas na velocidade da marcha e na qualidade de vida dos doentes. FAMPYRA pode ser usado em monoterapia ou conjuntamente com outras terapêuticas para a EM, incluindo medicamentos imunomoduladores.

Para Ana Martins da Silva, especialista do Serviço de Neurologia do Centro Hospitalar do Porto – Hospital de Santo António e, Vice-Presidente do Conselho Técnico-Científico da ANEM “FAMPYRA representa um avanço importante no tratamento de um dos sintomas mais frequentes e incapacitantes para os doentes com EM. É um fármaco que melhora a marcha e a qualidade de vida destes doentes, independentemente do curso da doença ou da sua duração. Trata-se de um fármaco com algumas características, como sejam a facilidade de administração (2 comprimidos por dia), rápida e simples avaliação da resposta ao tratamento (em 15 dias na maioria dos doentes) e perfil de segurança bem conhecido. Considero estes fatores importantes para uma adequada utilização na prática clinica, assegurando a acessibilidade do fármaco aos doentes com EM e perturbação da marcha, os quais podem vir beneficiar deste novo medicamento. Por fim, realço que a combinação de fármacos adequados, como FAMPYRA, e programas de fisioterapia individualizados e regulares, são indispensáveis para a melhoria da marcha e consequentemente da incapacidade dos doentes com EM.”

Fampyra vai estar disponível nos hospitais à medida que estes forem aprovando o medicamento.

Ver também

Apoiar a Anem

IRS Solidário

Ajude a ANEM a custo 0.00€ para si!

 

 

Saber como

Agradecimento

"A reestruturação do nosso website, foi possível graças ao patrocínio da:

Política de Privacidade e Proteção de Dados Pessoais

Linha de Apoio

A linha de Apoio telefónico tem o Apoio da:

FACEBOOK

A SECIL APOIA A ANEM

"Obrigado SECIL por nos ter presenteado com uma viatura que serve de apoio ao domicílio a quem mais necessita."

Arquivo Artigos

Arquivo Documentação